Adicionar aos Favoritos

Recomendar a um amigo

Definir como página inicial

 
   
   
   
 
 

Anedotas

 

 

A professora entra na sala e se depara, horrorizada, com a seguinte

inscrição no quadro negro: "Joãozinho tem o Pau Grande!".

Imediatamente ela apaga a inscrição e sem fazer nenhum comentário, começa a

aula.

No dia seguinte, ao entrar na sala novamente, a mesma inscrição em letras

garrafais: "Joãozinho tem o Pau Grande!". Pela segunda vez, ela apaga os dizeres,

sem fazer nenhum comentário.

No outro dia, a história se repete, e no outro e no outro e no outro... até que um dia

ela resolve colocar à prova a veracidade daquela mensagem. Quando toca a

campaínha avisando que a aula terminou ela pede para todos sairem menos o

Joãozinho. Tranca a porta, tira a roupa e viola o menino.

Dia seguinte, ao entrar na sala, ela lê no quadro: "A Propaganda é a Alma do

Negócio!".

 
   

 

Ia uma senhora sentada num autocarro com um saco em cima do banco ao lado

dela. Quando um homem distraído se ia a sentar, ela de uma só vez dá um grito e

tira o saco de cima do banco onde o homem se ia sentar :

- Cuidado com os tomates ! - Disse ela.

- Então vai fazer salada para o jantar? - Pergunta ele para meter conversa.

- Credo ! Não, eu não gosto de salada !

- Então isso que leva aí no saco não são tomates ?

- Não ! São pioneses !

 
   

 

Um anão entra num combóio em Ovar pretendendo ir para Aveiro. A meio da viagem

apercebe-se que o combóio não pára nas estações. Então pergunta a um senhor que

ia ao seu lado o porquê daquilo. O homem diz-lhe:

- Pois não amigo. Isto é um Rápido e só pára em Lisboa.

- Oh! Caramba, o que é que eu vou fazer da minha vida. Isto é um caso de vida ou

de morte. Eu preciso parar em Aveiro. - diz o anão.

Então, o homenzinho propõe-lhe que sendo Verão, e como o combóio tem as portas

abertas e abranda nas estações, ele pegue nos colarinhos do anão, este comece a

dar às pernas e larga-o na estação. E é isso que fazem.

Nessa altura, estava um homem a ler um jornal e, vendo o anão a correr ao lado do

combóio, agarra nele, atira-o para dentro e diz-lhe:

- Tá a ver amigo, se não fosse eu você perdia o combóio!

 
   

 

Um dia um milionário teve um grande problema. Começava-lhe uma dor nas costas,

subia-lhe pela espinha acima e acabava-lhe na nuca. Resolve ir a médicos e a

solução era sempre cortar o sexo; vai à Suíça e a solução era cortar o sexo; vai a

Londres e a solução era cortar o sexo; correu a América toda e a solução era cortar

o sexo.

Refugia-se então na sua ilha e resolve cortar o sexo. Cortou e passados uns anos

vai a terra comprar roupas. Chega a uma loja de moda e dirige-se à empregada e

pede:

- Ó minha senhora, eu quero uns slips, ...nº 36!

A rapariga olha para o homem e diz-lhe:

- Ó meu caro amigo! Para si os slips são do nº 38!

- Mas qual 38?! Ó minha senhora, o meu nº é o 36!

- Não, não! Eu já ando há muitos anos nisto e sei que pela sua configuração, o seu

nº é o 38!

- Mas eu sempre usei o sempre usei o 36!

- Sempre usou o 36?! Então escute uma coisa, nunca lhe deu uma dor que

começava nas costas, subia-lhe pela espinha acima e acabava-lhe na nuca?!

 
   

  << Anedota anterior Próxima anedota >>  

1  |  2  |  3  |  4  |  5  |  6  |  7  |  8  |  9  |  10  |  11  |  12  |  13  |  14  |  15  |  16  |  17  |  18  |  19  |  20  |  21  |  22  |  23  |  24  |  25  |  26  |  27  |  28  |  29  |  30  |  31

Ajude-nos a manter este espaço.

 Envie-nos a sua sugestão para internet@m-p.pt.

 

 

Links externos

  Portal M&P

 
 

                                Copyright ©2009 M&P Consultadoria Informática Lda.